Seguidores

quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

Reflexo

Não tenho nada a que possa chamar meu.À minha volta, vejo o reflexo da dor dos que tanto gosto, no espelho das suas vidas.Eu sempre tentei substituir essa dor pelo que sou.Mas nada pode dar lugar ao passado.


Não julguem as pessoas pelos actos, pelo menos nem sempre.Hoje julguei uma pessoa importante.Ela só queria o meu bem... Não queria que eu fosse igual.Agora entendo.


Rita, 25 Novembro 2006

2 comentários:

Cate disse...

É bom sabermos reconhecer os nossos erros, para com isso podermos mudar alguma coisa.. para melhor!

Ainda bem que voltaste a escrever aqui oh pirosa *

Tianhua disse...

as nossas reflexoes sao apenas a forma como interpretamos a nossa aprendizagem. muito bem rita mais uma vez

Baú aberto:

Acerca de mim

A minha foto
Lisboa, Lisboa, Portugal
"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

A visitar