Seguidores

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Um zul feito de cinzento escuro

Hoje parei para pensar e percebi que o que pensei já eu tinha tantas vezes pensado... Mas mesmo assim soube-me diferente. Por esta altura achei que me iria encontrar cheia de sonhos e expectativas, cheia de entusiasmo e força para vencer. A verdade é que tenho tantas razões para poder despertar esse sentimento... Mas não sei onde encontrar a vontade.

Há muito tempo que não me sentia assim, fraca, sem vontade, pronta a ceder, melodramática, sempre com exageros, o que for. Mas é como me sinto... Sem forças.

"E se um dia eu disser que já não quero estar aqui?..."

4 comentários:

Don Carlucci disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Don Carlucci disse...

Zul ? Ou será Zulu ? Estarás tu a referir-te à ONG fundada pelo DJ Afrika Bambata que tem como princípio as bases do hip hop: paz, amor, união e diversão?!?
Cá por mim estás a ficar daltónica também porque os zulus saum pretus e naum cinzentus!!!

mana disse...

Se um dia disseres que já não queres estar aqui, eu compro-te o L1 e vais até ao Rossio, refrescar as idéias! ;p

Cate disse...

A mana está cheia de razão!
Vê lá vê.

Baú aberto:

Acerca de mim

A minha foto
Lisboa, Lisboa, Portugal
"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." Fernando Pessoa

A visitar